Belo firma-se como sucessor de Roberto Carlos

Por: Chico Barney:

Há duas décadas cantando variações sobre o mesmo tema, Belo é plenamente credenciado para ocupar o espaço de Roberto Carlos no inconsciente popular. Alguém tão familiar quanto pitoresco em todas as suas idiossincrasias.

Muitos já ousaram tentar tomar o trono do Rei, mas jamais lograram sucesso durante muito tempo. Revelaram-se modismos tão passageiros quanto o sereismo.

Fábio Jr foi incensado como um artista multifacetado e de eloquente identidade popular. Mas hoje é mais lembrado como o pai de boa parte do elenco da Rede Globo.

Maurício Mattar também fez o possível para se colocar no mercado como o grande bardo romântico dos anos 90. Com uma carreira irregular, hoje anuncia batata frita em impensáveis virais da internet.

Até Paulo Ricardo tentou pagar as contas enveredando pelo romance de resultado. Não conseguiu muito mais do que ser trilha de novela no SBT.

Não existe outro cantor mais merecedor do olimpo da música extremamente popular brasileira do que Belo.

Então fica o convite: ouça a nova música do Belo e ouse discordar que o cantor é o mais significativo postulante à coroa de nossa música. Clique aqui.

** Este texto não reflete a opinião do Ilhéus Eventos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *